brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
EDUCAÇÃO

Secretaria de Educação certifica jovens atendidos em curso de inglês nas UsiPaz

Iniciativa garante mais oportunidades de estudo e profissionais para jovens em situação de vulnerabilidade social, na Grande Belém

Por Vinícius Leal (IDEFLOR-BIO)
01/07/2022 15h08

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em parceria com o programa Territórios Pela Paz (TerPaz), realizaram na terça-feira e quarta-feira (28 e 29), respectivamente, a certificação de 53 jovens que completaram o primeiro módulo do curso livre de inglês, ofertado nas Usinas da Paz (UsiPaz) da Cabanagem, em Belém, e do Icuí-Guajará, em Ananindeua. 

Como parte da programação, os alunos fizeram uma encenação teatral e declamaram poesias para o público já na língua inglesa. Os familiares dos formandos marcaram presença nas cerimônias, e era visível em cada participante o sentimento de orgulho e satisfação por terem alcançado mais esse feito em suas vidas. 

Diretora da UsiPaz Cabanagem, Ivanilda Vieira, e aluna concluinteVale lembrar que o curso terá prosseguimento a partir de agosto, com o segundo módulo e muitos já estão na expectativa para dar continuidade aos estudos e confiantes nas oportunidades que a capacitação poderá lhes oferecer. Na UsiPaz Marituba, as aulas prosseguem e a previsão é que a primeira turma finalize o módulo I também em agosto. 

Contente por ter concluído o primeiro módulo do curso, a estudante Aila Marques, de 15 anos, disse que está muito feliz e realizada por ter aprendido um novo idioma. “Este é um projeto fantástico e, desde já, quero aqui deixar um recado aos jovens e amigos para que aproveitem os cursos ofertados pela UsiPaz, pois é muito importante para aperfeiçoar o conhecimento e ter um futuro melhor”.

SATISFAÇÃO

O professor Jorge Santos, disse que é uma imensa satisfação participar desse projeto piloto, que foi inicialmente oferecido aos jovens em situação de vulnerabilidade social das imediações da UsiPaz Cabanagem e Icuí-Guajará. “Sabemos da dificuldade para os pais custearem um curso particular de inglês e aqui eles têm a oportunidade imensa de participar desta capacitação. Enquanto educador, estou muito feliz de repassar o meu conhecimento para eles, porque isso não fica só para nós. Temos o dever e a missão de passar adiante, ainda mais neste idioma universal”, afirmou.

A diretora da UsiPaz Cabanagem, Ivanilda Vieira, destacou a importância deste tipo de iniciativa que possibilita para crianças, jovens e adultos, conhecer uma nova língua, além de mais oportunidades no mercado de trabalho.

“Temos aqui uma gama de atividades que a Seduc disponibiliza a esses jovens carentes. Estou muito feliz e emocionada por estar participando deste momento, pois o conhecimento, ele te leva pra qualquer lugar, abre portas e oportunidades. Meu desejo é que esses meninos e meninas aproveitem cada espaço, cada curso deste complexo de serviços, para que eles cresçam cada vez mais e possam transformar a realidade que vivem, hoje”, frisou.

OPORTUNIDADE

Cada UsiPaz está disponibilizando à comunidade 45 vagas para o curso livre de inglês, dividido em três módulos, com duração de 30 horas cada. A coordenadora do Seduc - TerPaz, Ivete Braga, revela que em agosto será iniciado o segundo módulo e, posteriormente, o terceiro. “Nós estamos muito gratos e felizes pelo fato de termos esses alunos envolvidos neste projeto, possibilitando a eles uma ideia de futuro, no que se refere à segunda língua, que vai lhes oferecer várias oportunidades não só no âmbito escolar, como também profissionais”, destacou.

A dirigente disse, ainda, que a iniciativa está diretamente ligada ao programa TerPaz, que trabalha a inclusão, a garantia de direitos e o pleno exercício da cidadania. “Neste caso, ensinar um novo idioma para esses jovens, faz com que eles tenham novas perspectivas de crescimento pessoal e profissional. Tudo isso só reafirma a importância da educação como mola propulsora para a transformação social de milhares de pessoas”, concluiu Ivete Brabo.

Texto em colaboração com Wavá Bandeira / Ascom Seduc

brazino777 Mapa do site