brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
CULTURA

Preamar do Círio promove duas semanas de programações em espaços da Secult

O calendário das atividades culturais segue um alinhamento de estações, que vão de 1 a 7, em cada espaço em que acontece ações

Por Iego Rocha (SECULT)
03/10/2022 10h15

O Círio de Nossa Senhora de Nazaré celebra a fé, a identidade e a cultura do povo paraense. Este ano, em homenagem à festa religiosa, de 4 a 14 de outubro, a Secretaria de Estado de Cultura (Secult) realiza o “Preamar do Círio”. A programação se estenderá por 15 dias, nos museus do Estado, com exposições, atrações musicais e oficinas artísticas. As atividades serão gratuitas e fazem parte do Sistema Integrado de Museus e Memoriais (SIMM) da Secult.

Com o tema “Encontros e reencontros”, o Preamar do Círio busca aproximar as pessoas à história do Círio através das multilinguagens que revelam a memória antepassada e atual da festa amazônica. O calendário das atividades culturais segue um alinhamento de estações, que vão de 1 a 7, em cada espaço em que acontece ações.

“O Círio de Nazaré é a maior expressão cultural e religiosa do Pará, e é um orgulho para a Secult fazer parte da programação neste período de festa’’, destaca o secretário da Secult, Bruno Chagas. Ele enfatizou que, “é uma honra podermos oferecer o Preamar do Círio para que todos possam aproveitar, fazer parte e estar junto conosco celebrando uma festa importantíssima para o povo paraense, entregando e oferecendo à população diversos serviços gratuitos de forma eficiente", afirmou o titular da Secult.

Programação

Para abrir o cronograma do Preamar do Círio, na terça-feira (4), às 18h, acontece a exposição “Sagrado Feminino”, na Galeria Fidanza, no Museu de Arte Sacra (estação 1) – que ficará disponível para visitação até 20 de novembro. 

Na quarta-feira (5), às 9h, a exposição “Em torno da mesa – Cultura alimentar e o Museu do Círio” pode ser visitada no Centro Cultural Palacete Faciola (estação 2), onde estarão registros e representações das práticas alimentares do acervo do Museu do Círio, com exposição de miriti, painéis descritivos, fotografias e acervos de artes visuais da Casa das Onze Janelas. A partir das 18h, a nave da Igreja de Santo Alexandre recebe a apresentação musical de Sandra Duailibe, cantora e compositora que cantará um repertório totalmente dedicado ao Círio.

Um dia depois, quinta-feira (6), às 9h, é a vez do público apreciar a exposição, “O nobre, o penhasco e a virgem de Nazaré”, na sala de multimídia do Museu do Círio (estação 3). A mostra concebe os acervos do Museu de Arte Sacra, Museu do Círio e o acervo particular do historiador Aldrin Figueiredo.

No horário vespertino, às 16h, o Palacete Faciola (estação 2) apresenta o projeto “Música nos Museus”, em parceria com a Fundação Carlos Gomes, onde será realizado o concerto de música sacra em homenagem ao Círio de Nazaré.

Na sexta-feira (7),  haverá outras opções nos museus em celebração ao Círio 2022. Das 8h às 15h, o Arquivo Público do Estado (estação 4) ofertará uma viagem temporal com “O álbum do Círio”. Um registro de fotos do Círio no início do século XX serão plotadas em um painel de reprodução descritiva. A ação estará disponível para visitação até dia 31 de outubro.

Ainda pela manhã, às 10h, o auditório Eneida de Moraes, localizado no Palacete Faciola (estação 2), exibirá curtas-metragens sobre o Círio, intitulados “Mãos de Outubro”, “Lendas Amazônicas” e “Nossa Senhora dos Miritis”. Um bate-papo também será feito para falar sobre a obra literária “A madona de Plácido – crônicas de uma cidade e seu orago”, com sessão de autógrafos.

A programação segue na sexta-feira, das 11h às 13h, com a exposição no jardim do Museu do Estado do Pará (MEP) (estação 5). Nomeada “O almoço do Círio - Projetos de mesa de jantar e partilhas do Círio”, a mostra tem o propósito de fazer com que o público entenda mais sobre a cultura alimentar do Pará. A exposição é realizada com acervos do MEP e Museu do Círio.

Às 19h, haverá a exposição "Mantos de Fé", na Estação Cultural de Icoaraci (estação 6), onde serão expostos os mantos confeccionados por participantes do minicurso que será realizada de 29 de setembro a 5 de outubro. Junto com a exposição, os visitantes serão recepcionados com um show de Santi Lopez e Cia, com o tema “Círio de Nazaré ao som do saxofone”.

Ao mesmo tempo, às 19h, o projeto “Luz do Círio” estará na fachada do Museu do Círio (estação 3), onde será reproduzido um vídeo mapping nos dias do Auto do Círio e da trasladação – a ação fica no espaço até dia 8 de outubro.

No dia 8 de outubro, o Palacete Faciola (estação 2), em parceria com o Theatro da Paz, recebe a apresentação de “O Coral do Traslado”, com músicos nas janelas da Casa 1 do Centro Cultural. A homenagem acontece assim que a Santa fizer a passagem durante a trasladação.

De 12 a 16 de outubro, às 19h, a fachada lateral da Casa das Onze Janelas (estação 7) receberá o projeto “Luz do Círio” com o vídeo mapping do Auto do Círio e trasladação. Além disso, também será promovido o projeto de música instrumental, com diversos grupos musicais, intitulado “A luz do Círio”, também às 19h, na Praça do Pier, em frente à fonte do espaço cultural.

Para fechar as duas semanas de programação, de 13 a 14 de outubro, haverá na Casa das Onze Janelas uma oficina de estandarte para quem se interessa por desenhos, costuras e bordados. O horário das oficinas será de 10h às 12h, na quinta-feira (13), e das 14h30 às 17h, na sexta-feira (14).

brazino777 Mapa do site