brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
AMÊNDOA PARAENSE PREMIADA

Pará conquista o pódio no V Concurso Nacional de Cacau Especial do Brasil

Os vencedores são os cacauicultores Francisco Pereira Cruz e João Rios de Sousa, de Novo Repartimento; e Leonardo Silva Vieira, de Medicilândia

Por Lorena Esteves (SEDAP)
25/11/2023 08h00

O Pará conquistou, sozinho, a metade dos prêmios que destacam as melhores amêndoas de cacau produzidas no Brasil. Três produtores do Pará foram premiados, dois de Rondônia e uma da Bahia. Os vencedores do V Concurso Nacional de Cacau Especial do Brasil foram anunciados em cerimônia de premiação, no dia 24 de novembro, em Ilhéus, na Bahia.

Nesta edição, os prêmios somaram R$ 60 mil, que foram divididos entre primeiro, segundo e terceiro colocados em duas categorias: varietal (uma única variedade genética de cacau) e blend (mistura de variedades).

Vencedores

Na categoria mistura, o vencedor foi o produtor Deoclides Pires da Silva, de Jaru (RO) e os outros dois ganhadores foram os cacauicultores Francisco Pereira CruzeJoão Rios de Sousa, ambos do município de Novo Repartimento (PA), do assentamento Tuerê. 

Na categoria varietal, os ganhadores foram o produtor Robson Tomaz, de Nova União (RO), Leonardo Silva Vieira, de Medicilândia, também no Pará, e no terceiro posto a única mulher a subir no pódio, a produtora Marina Paraíso, de Ilhéus (BA).

Francisco Pereira Cruz, de Novo Repartimento (PA) conquistou o 2º lugar na categoria Mistura. Para ele, o esforço coletivo garante o nível de qualidade da amêndoa produzida no Pará.

“Competir e ganhar é uma honra! Agradecer a todos os produtores que estão fazendo esse trabalho com essa qualidade, aos meus amigos do Pará, ao projeto de assentamento Tuerê, as parcerias que a gente têm, à Fundação Solidaridad, à nossa cooperativa Coopercau por estar influenciando os produtores a trabalhar com qualidade e manter esse nível”, agradece Francisco.

Reconhecimento

As premiações reconhecem o Pará como polo de excelência na produção do cacau e do chocolate. O titular da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), responsável pelo fomento da produção da cadeia produtiva do cacau, Giovanni Queiroz, reforça que o Governo vai continuar trabalhando para elevar cada vez mais o nível de qualidade das amêndoas produzidas no estado.

“Vamos estimular mais homens e mulheres agricultoras para que nós possamos ter qualidade em todas as amêndoas, vamos trabalhar a fermentação de todas, porque além de nos dar um ganho de peso na fermentação, nos dá ganho de qualidade que também remunera melhor e dá segurança contra doenças”, ressalta o secretário.

Produtores finalistas do Pará

No total, nove representantes do Pará estavam concorrendo: Ademir Venturin (Medicilândia); Francisco Cruz (Novo Repartimento); Gilmar Souza (Uruará); João Sousa (Novo Repartimento); Lídia Souza (Uruará); Odair Santos (Novo Repartimento); José Souza (Medicilândia); Leomar Vieira (Medicilândia); e Miriam Vieira (Medicilândia).

Sobre o Concurso 

O V Concurso Nacional de Cacau Especial do Brasil é uma iniciativa conjunta da cadeia de cacau, patrocinada pela Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC), Mondelēz International - Cocoa Life, Nestlé - Cocoa Plan, SEBRAE, Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca do Estado do Pará (Sedap-PA), Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab), Cacau Show, GS1 Brasil, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-BA) e Harald Chocolates. O Concurso é organizado e executado pelo Centro de Inovação do Cacau (CIC), em parceria com a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), AIPC e Abicab.

Confira mais informações, aqui.

brazino777 Mapa do site