brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
EVENTO LITERÁRIO

Projeto de educação antirracista integra espaço infantil na Festa Literária de Santarém

Mais de 50 escolas já visitaram a Festa no Centro de Convenções de Santarém ‘Sebastião Tapajós’

Por Iego Rocha (SECULT)
02/12/2023 16h16

No município de Santarém, oeste paraense, crianças participaram da Festa Literária, realizada no espaço Céu da Leitura. O ambiente contou com a presença de monitores, livros, brinquedos, mesas e material para desenho, além de pintura e outras atividades. Neste ano, a Biblioteca Pública Municipal e o projeto Afroteca Amoras do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Paulo Freire, estão compondo a área. Mais de 50 escolas já levaram turmas para conhecerem a Festa e os participantes utilizaram o espaço como apoio para os alunos, assim como as famílias que levam suas crianças para passear.  

"No início do projeto nós tivemos vários relatos sobre racismo, então é muito importante que a gente possa combater isso desde a infância, especialmente dentro das escolas. Eu já aprendi muita coisa com a Afroteca, e é muito bonito ver o desenvolvimento das crianças, elas conseguem compreender e respeitar as diferenças com muito mais facilidade", conta a professora Josiane Pompeu, uma das responsáveis pela Afroteca Amoras. 

Desde o ano de 2021, o projeto Kiriku desenvolve uma pesquisa sobre a educação para as relações raciais e literatura infantil antirracista, um dos seus desdobramentos originou a Afroteca Amoras. O professor e doutor Luiz Fernando de França é o corrdenador do projeto Kiriku, por meio do Grupo de Estudos e Pesquisas em Literatura, História e Cultura Africana, Afro-brasileira, Afro-amazônica e Quilombola (AFROLIQ) da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA). 

"A Festa é muito interessante, chama atenção das crianças que ficam super empolgadas quando conhecem. Faz muito tempo que eles não vinham, na verdade, muitos nem conheciam a festa literária, já que ficamos um tempo sem realizar. Então, pra eles tudo acaba sendo novidade, até mesmo o lugar, o centro de convenções, que foi inaugurado recentemente", explica a professora Isabel Renner, que acompanhou a turma do 5º ano da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEF) Helena Lisboa de Matos. A docente também aproveitou para parabenizar o acervo das bibliotecas. "Achei muito bom o acervo que estão aqui, uma forma deles conseguirem aproveitar, mesmo sem comprar livros", comenta. 

"Desde 2019 que a gente já esperava o retorno da festa literária. É uma oportunidade tanto para o profissional da educação renovar o seu acervo bibliográfico, como para os alunos que estão no processo de aprendizagem. Por isso, a Secretaria Municipal de Educação buscou uma articulação para trazê-los até aqui. Conseguimos cerca de seis ônibus diários, disponibilizamos também o credlivro, procuramos todo tipo de incentivo", afirma a secretária Municipal de Educação, Maria José Maia da Silva.

A Festa Literária vai até domingo (3), e hoje, sábado, 2 de dezembro, no Centro de Convenções de Santarém Sebastião Tapajós terá a apresentação das "Vozes da Democracia e do Clima". 

Texto: Juliana Amaral, Ascom Secult

brazino777 Mapa do site