brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
PROGRAMAÇÃO

Estado promove inclusão de pessoas com deficiência visual na UsiPaz Jurunas/Condor

No Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual, celebrado nesta quarta-feira (13), alunos da UEES Álvares de Azevedo participaram de atividades esportivas e culturais

Por Giovanna Abreu (SECOM)
13/12/2023 14h48

"A Escola Álvares de Azevedo representa conhecimento, educação e, principalmente, liberdade. Participo das atividades na unidade desde os meus oito meses. Aqui eu aprendi a ler, a andar de bengala, computação, afazeres domésticos e muitas outras funções, que ajudam no meu dia a dia, na minha independência", destaca Lucas Costa, 18 anos, aluno com deficiência visual e participante da programação. Ainda para o jovem, "programações como a de hoje, que envolvem esportes, que, para mim, significam vida, incentivam muito nosso desenvolvimento". Ao todo, mais de 60 alunos participam da programação realizada pela Unidade Educacional Especializada (UEES) José Álvares de Azevedo. 

A programação conta com campeonatos de natação, atletismo, dança, culinária, apresentações culturais, atividades lúdicas e concurso de produção escrita foram realizados em programação alusiva da Unidade ao Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual, na UsiPaz Jurunas/Condor, celebrado nesta quarta-feira (13). O evento promoveu também o XI Ciclo de Palestras de Conscientização dos Direitos e das Políticas Públicas de Inclusão Escolar, com o tema: "A Deficiência Visual e os Múltiplos Talentos na Diversidade Cultural". 

No Pará, a unidade educacional é referência no atendimento de alunos cegos ou com baixa visão. A diretora da UEES Álvares de Azevedo, Lindalva Carvalho, explica que todas as atividades buscam fortalecer a autonomia e a independência dos alunos, por isso, o tema do evento promove o reconhecimento de habilidades e potencialidades de pessoas com deficiência visual. 

"A programação inclusiva foi toda pensada com eles e para eles. Queremos que a sociedade possa percebê-los como pessoas que são capazes de grandes voos. Eles precisam de oportunidades como essas, com atividades de superação, desenvolvidas com um olhar cuidadoso e adaptado para que eles possam participar, para que eles possam conviver na sociedade de maneira integral e independente", reforça a diretora. 

Jamille Trindade, 21 anos, recebeu o certificado de participação do Torneio de Chefs da Escola, com a produção de um bolo. "Eu aprendi muitas coisas em dois anos de atividades no Álvares de Azevedo, mas a principal delas foi perder o medo, a insegurança. Com o apoio da minha família e dos profissionais da escola, estou me desenvolvendo. Até na culinária, que eu não sabia nada, já consigo fazer. Esse apoio é muito importante, não só na minha vida, mas de todas as pessoas com deficiência visual, porque é uma força que eles dão pra gente se libertar", diz. 

O coordenador geral da UsiPaz Jurunas/Condor, Lucas Carneiro, ressalta a importância do complexo ser um espaço com acessibilidade e ter a oportunidade de receber a programação. "A Usina nos traz a possibilidade de acolhimento. No início do programa Territórios pela Paz, as escolas foram as grandes responsáveis por movimentar o projeto, por levar as nossas ações no território. Trazer as escolas para a Usina é uma forma de retribuir, garantindo toda a acessibilidade necessária a pessoas com deficiência. É uma felicidade muito grande contribuir para uma programação especial como essa", conclui. 

DATA - O Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual, celebrado nesta quarta (13), existe desde 1961 e foi criada com o intuito de combater o preconceito e a discriminação, além de buscar a garantia de direitos e a inclusão das pessoas com deficiência visual na sociedade.

brazino777 Mapa do site