brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
CULTURA E DIVERSÃO

Editora da Ioepa tem obras na lista dos livros do ano de colunista de jornal impresso

Lançamentos da Editora Pública chamam a atenção da imprensa paraense em 2023, a exemplo da Coleção Amazônia Filô Zezinho em…' de Aline Rossi

Por Julie Rocha (IOE)
28/12/2023 10h57

Seis lançamentos da Editora Pública Dalcídio Jurandir, da Imprensa Oficial do Estado, são destaques na lista dos livros do ano 2023, do colunista Marcelo Pinheiro, no caderno Você, do Diário do Pará, desta quinta-feira (28). Como é tradição nos últimos anos, o colunista costuma dedicar uma página inteira às produções literárias produções literária paraenses, lançadas de janeiro a dezembro.

Entre os lançamentos da Editora da Ioepa escolhidos pelo colunista, estão: Coleção Amazônia Filô Zezinho em…da escritora Aline Rossi; a publicação do IPHAN “Engenhos do Pará”, de Giovanni Blanco Sarquis; “Baixo Tocantins - alguma memória, história, romances na vida da sua gente”, de Salomão Larêdo; “Dalcídio Jurandir, leitor e criador de personagens leitores na Amazônia Paraense”, de Regina Barbosa da Costa e a biografia “Bruno de Menezes, etnógrafo da Amazônia”, de Rodrigo Wanzeler.

“Eimar Tavares”, antologia poética e poetas da Belém Nova, organizada por de Cláudio Barros e Fernanda Paula Tavares Trindade, foi a mais recente obra lançada da lista e teve dois lançamentos em dezembro, no Instituto de Ciências de Artes (ICA), da Universidade Federal do Pará, em Belém, e na Festa Literária de Bragança.

A obra “Eimar Tavares – Antologia Poética e Poetas da Belém Nova”, tem 223 páginas e está dividida em três momentos distintos: o primeiro, intitulado “Versos Vadios”; o segundo, “Um Assobio no Escuro”, e o terceiro, “Miniantologia Poetas da Belém Nova”.

Segundo o presidente da Ioepa, Jorge Panzera, todas as obras citadas pelo colunista foram lançadas na 26ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, em setembro, no Hangar, em Belém, e também percorreram as principais festas literárias do Estado. 

“Ficamos honrados em ver nossos títulos em destaque na lista dos livros do ano, o que demonstra que a política que construímos ao longo desses anos caminha no rumo certo, de difundir a literatura do nosso estado para todo o povo paraense”.

Desde que foi criada em agosto de 2019, a Editora da Ioepa já publicou mais de 180 livros e deve chegar ao primeiro semestre de 2024 com 200 livros publicados de autores paraenses e amazônidas, nas quatro linhas editoriais, de autores fora de catálogo, comercial, de parcerias interinstitucionais e de editais públicos. 

Serviço:

Os livros da Editora Pública Dalcídio Jurandir podem ser adquiridos na loja da Imprensa Oficial do Estado, na travessa do Chaco, 2271, Marco, em Belém, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. Outras informações pelo telefone: 4009-7800.

brazino777 Mapa do site