brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
REFERÊNCIA

Em Santarém, Hospital Regional completa 17 anos de serviços essenciais à saúde da população

HRBA já realizou mais de 11 milhões de atendimentos desde sua fundação, incluindo atendimento oncológico e transplante renal

Por Ascom (Ascom)
28/12/2023 17h19

Aurenice Lemos do Nascimento é paciente do HRBA desde 2020“É muito importante ter na nossa região um hospital que nem esse, para que a gente possa fazer o nosso tratamento”. As palavras expressam a gratidão de Aurenice Lemos do Nascimento, 55 anos, que há três anos precisou sair do município de Monte Alegre, no oeste do Pará, para começar um tratamento oncológico no Hospital Regional do Baixo Amazonas Dr. Waldemar Penna (HRBA), em Santarém, município da mesma região.

Hoje, ela continua as sessões de quimioterapia na unidade, onde recebe todo o acompanhamento multiprofissional. “Tudo o que eu preciso aqui, graças a Deus, tenho. Sou bem recebida, bem atendida. É muito bom”, afirmou.

Nilton Cavalcante Furtado, 65 anos, também fez muitos agradecimentos pelo atendimento que recebe no Hospital. Em 2019, ele saiu de Belém (a mais de 3.600 quilômetros de Santarém) para dar continuidade ao tratamento de hemodiálise no HRBA.

“Graças a Deus eu fui muito bem recebido por toda a equipe de colaboradores do Hospital, da servente até a administração. Só tenho a agradecer. Graças a Deus temos aqui esses equipamentos que prolongam a nossa saúde. Muito obrigado por tudo”, disse o paciente, que é natural do município de Itaituba, no sudoeste paraense.Nilton Cavalcante faz hemodiálise no Hospital Regional

Resultados - Nesta quinta-feira (28), o Regional de Santarém completou 17 anos de funcionamento. Neste período, a instituição já realizou 11.610.583 atendimentos. São 889.952 consultas médicas; 63.847 cirurgias em mais de 20 especialidades; 72.933 internações e 9.670.824 exames, entre outros serviços, beneficiando uma população de 1,4 milhão de pessoas, residentes em 29 municípios do oeste do Estado.

Nesses 17 anos do HRBA, o enfermeiro Domício Farias está presente em 15. Hoje, ele é responsável pelo Ambulatório de Feridas da unidade, e atua no tratamento das lesões. Já passou por quase todos os setores: Clínicas, centro cirúrgico, hemodinâmica, oncologia, serviços de imagem e até o Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente.

O profissional afirmou que a unidade sempre lhe deu oportunidades para buscar conhecimentos, e assim oferecer um atendimento cada vez melhor à população. “Passa um filme na cabeça de tudo o que passamos. As dificuldades que enfrentamos, as glórias e conquistas, as certificações. Eu venho observando o quanto é bom trabalhar aqui dentro, porque o crescimento e a valorização dos profissionais são muito importantes para o Hospital. Eu só tenho a agradecer. Foi aqui que eu construí a minha família, e é daqui que sai o meu sustento”, contou Domício Farias.

A técnica em Enfermagem Suelen Silva Fonseca também é veterana na equipe. Ela trabalha há mais de 16 anos no Regional do Baixo Amazonas. Em 2007, Suelen terminou o curso técnico e foi contratada pela unidade. No próprio HRBA, descobriu que estava com um câncer no pâncreas e precisou fazer cirurgia em Manaus (AM).

Após o tratamento, voltou à atividade no HRBA, com acompanhamento dos profissionais do Hospital. Curada da doença, Suelen considera o Regional de Santarém muito mais que um local de trabalho. “Para mim, o Hospital é tudo. Eu amo o meu trabalho. Eu sempre procuro dar apoio aos pacientes. Sei que não é fácil, mas digo sempre para eles terem fé em Deus que vai dar tudo certo”, ressaltou.

Histórico e conquistas - O HRBA foi construído pelo Governo do Pará como estratégia para descentralizar o atendimento à saúde no Estado, evitando que a população da região Oeste fosse buscar atendimento de média e alta complexidade nas capitais mais próximas.

A instituição é referência em Oncologia, Neurocirurgia, Ortopedia e Traumatologia, e Terapia Renal Substitutiva. Em novembro de 2016, a unidade iniciou o programa de transplantes de rim. E, desde 2012, realiza captação de órgãos.

Também é destaque no ensino e pesquisa, sendo credenciado pelos ministérios da Saúde e da Educação. Atualmente, oferta Residência Médica em 11 especialidades – Cirurgia Geral, Clínica Médica, Medicina Intensiva, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Urologia, Anestesiologia, Ortopedia e Traumatologia, Medicina da Família, Oncologia Clínica e Neurocirurgia -, além das duas residências Multiprofissionais para as áreas de Psicologia, Fisioterapia, Nutrição, Terapia Ocupacional, Enfermagem, Serviço Social e Farmácia.

Desde 2015, o HRBA conquistou e vem mantendo a Certificação de Excelência da Organização Nacional de Acreditação (ONA), nível III, que atesta o alto desempenho na segurança e na qualidade do atendimento prestado aos usuários. O HRBA é referência em maturidade institucional no Brasil.

Gestão Mais Saúde – Desde dezembro de 2022, o Regional do Baixo Amazonas é administrado pelo Instituto Social Mais Saúde, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Só em 2023 – até 18 de dezembro -, a unidade ofertou 1.061.883 atendimentos, entre consultas, cirurgias, exames, internações, sessões de hemodiálise e quimioterapia, internações e outros procedimentos. Esse número representa um crescimento de 7%, comparado ao ano passado.

Foram 6.021 cirurgias em 2023, um aumento de 34% diante dos procedimentos realizados em 2022. O destaque foi para os 26 transplantes renais realizados na unidade, um crescimento de 100% em relação ao ano anterior.

“Trabalhamos muito para oferecer sempre o melhor serviço aos nossos usuários, sempre com o bem-estar do paciente em primeiro lugar. O ano de 2023 mostra o quanto o HRBA tem aumentado os serviços prestados, mantendo a qualidade da assistência e buscando melhorar, cada vez mais, a nossa estrutura. Para nós, é um orgulho estar à frente de uma instituição tão importante, não só para os pacientes e acompanhantes que passaram por aqui, mas também para todos os profissionais que aqui estão e estiveram, e com certeza deram uma grande parcela de contribuição ao nosso trabalho de cuidar da saúde da população do oeste paraense”, concluiu o diretor-geral da unidade, Gean Francisco Cercal.

Texto: Ascom/HRBA

brazino777 Mapa do site