brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
QUALIDADE E EFICIÊNCIA

Santa Casa do Pará realiza 1,2 milhão de atendimentos em 2023

Ao longo desse período, 35.107 mulheres foram atendidas na área de Urgência e Emergência Obstétrica

Por Samuel Mota (SANTA CASA)
09/01/2024 13h54

A Fundação Santa Casa encerrou o ano de 2023 mantendo um atendimento com excelência aos usuários do SUS no Estado do Pará. Ao todo, foram realizados 1.202.124 atendimentos nos diversos setores do hospital e ambulatórios. 

A equipe multiprofissional da proporcionou aos usuários da instituição um acolhimento de qualidade durante o ano passado. Ao longo desse período, 35.107 mulheres foram atendidas na área de Urgência e Emergência Obstétrica; o hospital internou 22.924 pacientes. Foram realizados 8.910 partos (3.556 normais e 5.354 cesáreas). Uma média de 742 partos por mês. A Casa da Gestante realizou o atendimento direto de 229 mulheres. 

A área de cirurgia da Santa Casa fez 5.483 cirurgias (Adulto -2.691 e Infantil - 2.792) e o Complexo Ambulatorial  (Ambulatório da Mulher, Pediátrico, Prematuro, Cirurgia, Fígado, Clínico e Fissurados) realizou 154.489 atendimentos.

Elineth Valente, coordenadora do Complexo Ambulatorial da Fundação Santa Casa, reforça a importância dos cerca dos mais de 154 mil atendimentos. “Esse é um número muito significativo, mas não é só um número, é a representatividade da importância desta instituição para a saúde da população paraense. A Santa Casa hoje é uma referência, e o ambulatório aqui tem especialidades que são de ponta e profissionais altamente qualificados. E isso se reverbera nos números que nós apresentamos”. 

“Quem está dentro da Santa Casa, quem é atendido pelo Ambulatório da Santa Casa, está satisfeito com certeza. Temos uma oferta limitada para uma alta demanda, mas acreditamos que dentro do papel de referência a Santa Casa o faz com qualidade. Nós agradecemos muito aos nossos profissionais, porque os profissionais da Santa Casa também, além de competência, têm dedicação, então o resultado do trabalho é buscar o melhor. E em termos ambulatoriais, nós não temos dúvidas de que hoje a Santa Casa representa um dos maiores e melhores atendimentos do norte do Brasil”, destaca Elineth.

“A Santa Casa tem como linha de cuidados prioritários a área materno infantil, referência no Pará e para os estados vizinhos a nós. Nós optamos há sete anos por trabalhar com a acreditação, visando a qualidade e a segurança de nossos pacientes. Não foi fácil, pois é um hospital público com servidores do estado e que a gente precisaria provocar neles a sensação desta mudança. Mudar a cultura foi algo desafiador, na ocasião, pela opção que a direção do hospital teve”, destaca a médica Norma Assunção, diretora Técnica Assistencial da Santa Casa.

“A importância de trabalhar com segurança e com qualidade é vivenciada no trabalho de buscar a experiência do paciente, que para nós é fundamental que a família e o paciente saiam satisfeitos positivamente com o que a Instituição os oferece”, informa a diretora.

Atendimentos Expressivos - Ainda referente ao ano de 2023, a Santa Casa realizou 859.398 exames laboratoriais (pacientes internados e ambulatoriais) e 104.862 exames de imagens (pacientes internados e ambulatoriais), entre os quais RX, mamografia, ultrassonografia, endoscopia, ressonância. Além de 5.531 transfusões e 5.191 sessões de diálises nas crianças atendidas na área de Nefrologia Pediátrica, cuja referência no estado é a Santa Casa.

José Roberto Júnior, coordenador de Diagnóstico por Imagem e Endoscopia, relata que o ano de 2023 foi de aquisições importantes para o setor. “Conseguimos instalar e colocar em funcionamento mais uma tomografia computadorizada. Nós tivemos ainda a aquisição de dois carros digitais, carrinhos de raio X portáteis digitais”.

“Foi também feito a implantação do resultado de exames e imagens, via site da instituição, que é transformado em realidade e representa um ganho importante na área econômica. É uma produção menor de papel fora a parte ambiental, a parte de sustentabilidade. E para o paciente, que pode acessar de qualquer lugar onde haja internet. Isso representa economia de tempo e dinheiro, pois o usuário não precisa vir até a Santa Casa pegar o resultado de seus exames”, informa José Júnior.

Bruno Carmona, presidente da Fundação Santa Casa, diz que 2023 foi um ano bem interessante para a instituição, em que tivemos um volume de investimentos em obras físicas, equipamentos, novos serviços bem robustos, com total e incondicional apoio do governo do estado, da Secretaria de Saúde (Sespa) e da Secretaria de Planejamento e Administração (Seplad). “Nós mantivemos todos os atendimentos do hospital e ampliamos em relação a 2022, em tudo aquilo que a Santa Casa é demandada nas políticas de saúde e definidas pelas autoridades, pelos órgãos competentes”. 

“Hoje a Santa Casa entrega, em nível de excelência, todo o serviço de saúde à população ao qual se destina, com carro-chefe na atividade materno infantil, mas também com atendimentos em alta complexidade. Consultas especializadas, transplantes, exames de imagem, entre outros, e a gente consegue ter um corpo de servidores extremamente qualificado para atender a demanda do nosso estado. Temos muito a comemorar os nossos números de 2023 e sabemos da responsabilidade que temos em 2024 e pelos anos futuros em entregar cada vez mais produtos, serviços de alta qualidade e em nível de excelência à população do estado do Pará”, enfatiza o gestor. 

Alimentação - Em 2023, paralelamente aos atendimentos assistenciais a Fundação Santa Casa do Pará, onde funciona uma das maiores maternidades do Brasil,  fez a entrega de 1.337.834 refeições (fornecimento de seis refeições/dia): 868.330 (aos pacientes internados) e 469.504 (aos acompanhantes de pacientes). Uma média de 3.716 refeições por dia.   

brazino777 Mapa do site