brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
CULTURA

Aberto ao público, ‘Sarau Libertário’ encerra oficina de Leitura Dramatizada no Centur

Os participantes vão mostrar no auditório Aloysio Chaves, no Centur, o resultado do projeto executado pelo.ator e diretor cênico Alexandre Rosendo

Por Gustavo Pêna (FCP)
17/01/2024 15h00

A Oficina de Leitura Dramatizada, promovida pela Fundação Cultural do Pará (FCP), em Beléem, será encerrada nesta quinta-feira (18). O resultado será apresentado no “Sarau Libertário”, a partir de 16 h, no auditório Aloysio Chaves, na Biblioteca Pública Arthur Vianna, no Centur. Ao comando do ator e diretor cênico Alexandre Rosendo, os participantes colocarão em prática o aprendizado reunido nas seis aulas do projeto.

A atividade buscou trabalhar uma leitura dramatizada natural, leve, focando em aspectos livres e líricos. Usando os princípios da leitura em voz alta, os alunos aprenderam a lidar com o uso da respiração, sensibilidade e intuição, além do autoconhecimento corporal e vocal.A oficina adotou os princípios da leitura em voz alta

De acordo com Alexandre Rosendo, outro aprendizado da oficina foi o processo da voz alta nas vogais e sílabas, para que seja possível perceber os vários sons que elas podem desempenhar durante a leitura dramatizada em público. "Na verdade, não existe uma técnica específica. A oficina é fruto de uma pesquisa feita por mim. O objetivo é buscar o que cada um tem de intuitivo ao ler um texto. Essa é a base do trabalho”, explicou o diretor.

Liberdade - No Sarau Libertário, os alunos irão ler um texto, escolhido por eles, de forma livre para recitar, observar e sentir o livro selecionado. “Batizamos a proposta de Sarau Libertário, algo criativo, já que todo sarau que você vê é um sarau literário, pois trabalha com obras literárias. A arte é libertária, no sentido de você se expor e refletir. A proposta final é a liberdade que você tem ao ler uma poesia”, completou Alexandre Rosendo, servidor da FCP.

As aulas da Oficina de Leitura Dramatizada não beneficiam somente profissionais da arte, cultura e comunicação, mas também aqueles que se relacionam diretamente com o público, estudantes e pessoas que têm dificuldade em lidar com a timidez, oferecendo a possibilidade de fortalecer a autoestima.

Serviço:Encerramento da Oficina de Leitura Dramatizada. Data: 18 de janeiro, a partir de 16 h, no auditório Aloysio Chaves, na Biblioteca Pública Arthur Vianna, no Centur - Avenida Gentil Bitencourt, 650, bairro Nazaré, Belém. (Com informações de Jhullyele Santos - Ascom/FCP

brazino777 Mapa do site