brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
SAÚDE PÚBLICA

Obras do Hospital Menino Jesus, em Oriximiná, entram na fase final

Por Bruno Magno (SEOP)
26/01/2024 09h19

Para reforçar a saúde pública da Região de Integração do Baixo Amazonas, a Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop), executa as obras de construção do Hospital Menino Jesus, em Oriximiná, que já estão com 99% dos serviços concluídos. Com investimento de mais de R$ 60 milhões, o objetivo do Estado é descentralizar o atendimento à saúde pública na região. 

''Como toda obra que se destina ao melhoramento da saúde na região, a do Hospital Menino Jesus, é importantíssima na região do Baixo Amazonas. O hospital que a Seop constrói em parceria com a Sespa é extremamente estratégico, visto que o campo de atendimento que a população precisa será beneficiado com esses serviços médicos. É um hospital que vai melhorar a rede de atendimento no Estado e que está em obra há dois anos, com previsão de entrega para o fim deste semestre, quando a Sespa vai entrar com a instalação dos aparelhos e mobiliários'', destaca o secretário de Estado de Obras Públicas, Ruy Cabral. 

Atualmente estão sendo feitos os serviços de acabamento interno como assentamentos de revestimentos, piso e parede; conclusão do revestimento interno; colocação de quadros e cabos elétricos; reboco das paredes, além da conclusão da rede de drenagem e pavimentação, que inclui a finalização de calçadas e sarjetas.

Um dos grandes objetivos do Estado na construção do equipamento público é investir na descentralização do atendimento para que a comunidade local não precise mais se deslocar para outros municípios a fim receber atendimento. O hospital deve ser administrado pela Sespa.

''A ideia é que a população local possa ter acesso a serviços de saúde como operações, diagnósticos e tratamentos. Vale ressaltar que é uma obra construída com recursos do próprio Estado, e que já gerou mais de 150 empregos desde sua criação, mão de obra da cidade, e isso nos deixa tranquilos e confortáveis, pois estamos movimentando a economia'', completa Ruy Cabral.

O hospital foi construído em uma área de mais de cinco mil metros quadrados, distribuídos em nove pavilhões com serviços de urgência e emergência, além de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A unidade contará com sala de internação, ambulatório, apoio ao diagnóstico, terapia, bloco cirúrgico, laboratório, suporte administrativo com serviços clínicos e de enfermagem, além de apoio técnico e logístico e sala para higiene. O centro médico vai dispor de 16 leitos de internação, sendo que cada enfermaria contará com três leitos, um de isolamento, nove de UTI e dois leitos nas salas de cirurgia.

brazino777 Mapa do site