brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
CULTURA

Cine Líbero Luxardo traz três novidades na primeira programação de fevereiro

Por Gustavo Pêna (FCP)
31/01/2024 18h48

A Fundação Cultural do Pará (FCP) traz três novidades para a programação do Cine Líbero Luxardo na primeira semana de fevereiro, que iniciam na quinta-feira (01) e seguem até o próximo dia 7. A sala de cinema mais charmosa de Belém, localizada no Centur, faz a estreia de Vidas Passadas e Anatomia de uma Queda, além de promover a pré-estreia, em sessão única no dia 4, do documentário brasileiro Servidão.

Escrito e dirigido por Celine Song, Vidas Passadas é um drama que conta a história de Nora (Greta Lee) e Hae Sung (Teo Yoo), dois amigos de infância com uma conexão profunda, mas que acabam se separando quando a família de Nora decide sair da Coréia do Sul e se mudar para a cidade de Toronto, no Canadá. Vinte anos depois, os dois amigos se reencontram em Nova York e vivenciam uma semana fatídica, enquanto confrontam as noções de destino, amor e as escolhas que compõem uma vida.

Anatomia de uma Queda, da diretora francesa Justine Triet, chega como vencedor da Palma de Ouro 2023. O filme é um retrato de uma mulher sendo julgada pelo assassinato de seu marido. A vida da escritora alemã Sandra (Sandra Hüller) desmorona quando Samuel é encontrado morto. Aos poucos, o julgamento deixa de ser apenas uma investigação das circunstâncias da morte de Samuel e se torna uma jornada psicológica às profundezas da relação conturbada do casal.

Por fim, Servidão conta com entrevistas de ativistas como Leonardo Sakamoto e narrado por Negra Li. O curta é um olhar sobre o trabalho análogo à escravidão no Brasil, protagonizado por Marinaldo Soares Santos, libertado três vezes do trabalho forçado entre 2007 e 2010.

O filme Priscilla, que traz a história da ex-esposa do astro do rock Elvis Presley, segue em cartaz no Cine Líbero Luxardo, que tem os ingressos de todas as sessões no valor de R$ 12 e R$ 6, a meia-entrada. A bilheteria abre uma hora antes do início dos filmes e aceita pagamento em pix, débito e dinheiro. É preciso atentar para a classificação de faixa etária de cada um dos longas.

Programação do Cine Líbero Luxardo de 1 a 7 de fevereiro:

01/02
15h30: Priscilla, 1h50', 16 anos
17h30: Anatomia de uma Queda, 2h30, 16 anos 
20h10: Vidas Passadas, 1h46, 12 anos

02/02
15h30: Vidas Passadas
17h30: Priscilla
19h30: Anatomia de uma Queda

03/02
15h30: Priscilla
17h30: Anatomia de uma Queda 
20h10: Vidas Passadas

04/02
15h50: Vidas Passadas
17h50: Servidão, 72’, livre (pré-estreia, em sessão única)
19h20: Anatomia de uma Queda

05/02
15h30: Priscilla
17h30: Anatomia de uma Queda 
20h10: Vidas Passadas

06/02
15h30: Priscilla
17h30: Vidas Passadas
19h30: Anatomia de uma Queda 

07/02
15h30: Anatomia de uma Queda 
18h10: Priscilla
20h10: Vidas Passadas

Nova estrutura - O Cine Líbero Luxardo está com nova estrutura, incluindo tratamento acústico, iluminação na sala e corredores, pisos e pintura. A sala de exibição agora possui 102 assentos, sendo dois destinados a Pessoas com Deficiência (PcD). A bilheteria digital, solicitação frequente do público do espaço, também foi implementada, e está disponível desde a reabertura.

OLíbero Luxardo também conta com o novo hall Vicente Cecim, espaço para exposições temporárias sobre aspectos da história do cinema e sobre filmes que estarão em cartaz. O espaço serve ainda como local para prestar homenagens a pessoas ligadas ao cinema e ao audiovisual.

No novo hall há um setor de exposição permanente de equipamentos analógicos e digitais, que fizeram parte da história e do atual acervo, além de cartazes originais de filmes criados pelo cineasta Líbero Luxardo (1908-1980), sorocabano de nascimento e paraense de coração.

A segunda etapa das obras inclui a modernização dos equipamentos do cinema, com a aquisição de projetores digitais a laser de última geração e sistema de som padrão dolby digital compatível. Essa mudança será viabilizada com recursos da Lei Paulo Gustavo (LPG), em parceria com a Secretaria de Cultura do Pará (Secult), e terá investimento de mais de R$ 1 milhão.

brazino777 Mapa do site