brazino777

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
SAÚDE

Hospital Regional do Marajó orienta sobre prevenção de IST's neste Carnaval

Uso da camisinha externa ou interna, nas relações sexuais, é o método mais eficaz para proteção contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs)

Por Ascom (Ascom)
09/02/2024 13h05

O Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), situado em Breves, promoveu ação de educação em saúde, na quinta-feira (8), para conscientizar sobre a prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), nas Recepções do Ambulatório e Serviço de Apoio Diagnóstico Terapêutico (SADT) da unidade.

A ação, realizada pelo Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), contou com a facilitadora Dalila Campelo, enfermeira do HRPM, tendo distribuição de preservativos e material educativo.

A pedagoga, Rosângela Gonçalves, uma das responsáveis da ação, explica que esse momento dirigido aos usuários e acompanhantes, que aguardavam atendimentos nas Recepções do HRPM, contribui para uma comunidade mais consciente.

“As ISTs são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos e transmitidas, principalmente, por meio de contato sexual com uma pessoa que esteja infectada. O uso da camisinha externa ou interna, em todas as relações sexuais, é o método mais eficaz para proteção contra essas infecções”, pontuou a profissional.

Além disso, Dalila Campelo acrescenta que a iniciativa é muito pertinente, sobretudo no período carnavalesco, onde se tornam propícias ocasiões de exposição. “A palestra esclareceu dúvidas e enfatizou para a população que se divirtam de forma segura e consciente, que no ato sexual utilizem preservativo, resguardando sua saúde”, finalizou, Campelo.

Aprovação - Laurilene Sousa, 44 anos, acompanhou e aprovou a iniciativa, ela comenta que a ação possibilita que, após as informações obtidas, ela possa instruir outras pessoas, alertando sobre a importância do uso do preservativo.

“A palestra foi muito boa, pontuou bem a prevenção das ISTs. Além de se divertir nesse período festivo, é preciso ter cuidado. Importante tratar esse tema, inclusive, com nossos filhos”, enfatizou a autônoma.

Além de Laurilene, a colaboradora Rosiane Silva, que também acompanhou o projeto do GTH, ressalta a importância de ações de educação em saúde, pois, por meio da informação, a população se torna mais responsável quanto suas condutas.

“Foi muito importante a palestra. Tem que ter proteção e respeito no carnaval. As informações prestadas trazem um esclarecimento importante para a população nesse período”, disse a auxiliar de Farmácia.

O GTH também promoverá a ação na próxima segunda-feira, 12, direcionada aos colaboradores do HRPM, no Hall das Clínicas, intensificando a conscientização e prevenção.

Tratamento - Em Belém, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) disponibiliza a Unidade de Referência Especializada em Doenças Infecciosas e Parasitárias Especiais (Uredipe), atendendo pacientes de todo o Estado com HIV/Aids ou aqueles expostos ao vírus, necessitando confirmação de infecção.

Ainda, as prefeituras oferecem canais adicionais de suporte, como os 78 Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) e 38 Serviços de Atenção Especializada (SAEs). Nesses locais, a população pode realizar testes rápidos para HIV, Hepatite B e C, além de Sífilis, de forma gratuita e confidencial, recebendo orientações preventivas ou iniciando tratamento precoce para aqueles com resultados reagentes, via rede especializada do Sistema Único de Saúde (SUS).

Campanha – Todos os anos, a gestão do Hospital Regional Público do Marajó (HRPM) adere, em consonância com a Sespa, a campanha “Dezembro Vermelho”, que é uma mobilização nacional voltada para a conscientização sobre o HIV/AIDS, além de outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

Em 2023, o HRPM promoveu ação de educação em saúde, que foi realizada no Auditório e Hall de Clínicas, com a finalidade de alertar os colaboradores da unidade sobre a importância da prevenção, diagnóstico precoce e combate ao estigma relacionado ao Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS), bem como outras ISTs, e possibilitou a realização de testes rápidos para detecção de infecção por HIV, Hepatite B e C, além de Sífilis.

O HRPM integra a rede de saúde do Governo do Pará, sendo administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

A unidade dispõe de assistência de média e alta complexidade para mais de 325 mil habitantes do sudoeste marajoara. A região compreende os municípios vinculados ao 8° Centro Regional de Saúde (CRS): Anajás, Bagre, Breves, Curralinho, Gurupá, Melgaço e Portel.

Serviço: A unidade fica na avenida Rio Branco, nº 1.266, no centro de Breves, na Ilha do Marajó.

Texto de Pedro Amorim

brazino777 Mapa do site